CENTRO DE CONVENÇÕES REBOUÇAS
SÃO PAULO

6 a 8 de Julho de 2017




Carta de Boas-Vindas


Sobrice 2017, o maior encontro nacional dedicado inteiramente a procedimentos minimamente invasivos e guiados por imagens, vai se realizar em São Paulo, de 06 a 08 de Julho.

A Radiologia intervencionista está evoluindo rápida e continuamente, explorando novas áreas, mostrando sua força de inovação que sempre foi seu DNA e consolidando-se em alguns territórios já explorados. Cada vez mais pautada pela geração de dados e evidências do seu valor para o paciente.

O desafio do Congresso Sobrice 2017 é ser o seu portal de acesso para manter-se a par de todas essas mudanças e novidades , um desafio também de criar durante esse evento um ambiente de interação entre todos os profissionais e empresas envolvidos no dia a dia da intervenção num fórum abrangente para a educação e intercâmbio de experiencias.

O nosso congresso será realizado em São Paulo e mais uma vez cobrirá uma ampla seção de tópicos clínicos, desde terapias bem estabelecidas, como no tratamento local de HCC, até novas áreas como radioembolização e embolização de prostata.

A comissão do Programa Científico, elaborou um programa diversificado e estimulante nas áreas de:



  • Neurointervenção
  • Oncologia
  • Saúde do Homem
  • Saúde da Mulher
  • Vascular


Contamos com vocês!

MARCOS ROBERTO DE MENEZES

TEMÁRIO

Conheça os temas que serão abordados:

  • Vascular: Aorta e periférico/ AVC/ Aneurisma /DAOP/ carótida/ trombose

  • Ginecologia e Obstetrícia: hemorragias/ miomas

  • Neuro-Intervenção:
    • Tratamento endovascular dos aneurismas cerebrais com diversores de fluxo,
    • Novos devires no tratamento endovascular dos aneurismas cerebrais,
    • Stroke: Stent Retriever X Aspiração,
    • MAVs cerebrais:estratégias endovasculares,
    • Fístulas arteriovenosas durais intracranianas: o que há de novo?

  • Oncologia: Ablação/ embolização/ infusão de droga

DIRETORIA


PRESIDENTE SOBRICE
DANIEL GIANSANTE ABUD

VICE-PRESIDENTE SOBRICE
MARCOS ROBERTO DE MENEZES

SECRETÁRIO
GUSTAVO HENRIQUE VIEIRA DE ANDRADE

TESOUREIRO DA SOBRICE
JOAQUIM MAURÍCIO DA MOTTA LEAL FILHO

PRESIDENTE DA COMISSÃO CIENTÍFICA
MARCOS ROBERTO DE MENEZES

COMISSÃO CIENTÍFICA


» Adib Koury Jr. (Belém/PA)

» Charles Edouard Zurstrassen (São Paulo/SP)

» Chiang (São Paulo/SP)

» Daniel Giansante Abud (Ribeirão Preto/SP)

» Dêniz Szejnfeld (São Paulo/SP)

» Felipe Nasser (São Paulo/SP)

» Gustavo Andrade

» Gustavo Paludetto (Brasília/DF)

» Hugo Costa (Rio de Janeiro/RJ)

» Joaquim Maurício da Motta Leal Filho (São Paulo/SP)

» Jorge Amorim São Paulo/SP

» Luiz Sérgio Pereira Grillo Júnior (Vitória/ES)

» Marcos de Lorenzo Messina (Febrasgo) - Módulo Ginecológico (São Paulo/SP)

» Marcos Roberto de Menezes (São Paulo/SP)

» Maurício Liberato (São Paulo/SP)

» Rafael Noronha Cavalcante (São Paulo/SP)

» Raphael Braz (Rio de Janeiro/RJ)

» Ricardo Augusto de Paula Pinto (Taubaté/SP)

» Rodrigo Gobbo (São Paulo/SP)

» Valéria Cardoso (São Paulo/SP)

COMISSÃO DE AVALIZAÇÃO DE TRABALHOS


» ALEXANDRE DE TARSO MACHADO

» DANIEL GIANSANTE ABUD

» DENIS SZEJNFELD

» GUSTAVO ANDRADE

» JOAQUIM MAURÍCIO DA MOTTA LEAL FILHO

» JOSÉ HUGO LUZ

» LUIZ OTAVIO CORRÊA

» LUIZ SÉRGIO PEREIRA GRILLO JÚNIOR

» RAFAEL NORONHA CAVALCANTE

» RUBENS PIERRY FERREIRA LOPES

» WILSON DE OLIVEIRA SOUSA JUNIOR

COMISSÃO NEURORRADIOLOGIA INTERVENCIONISTA


Coordenador: Marco Túlio Salles Rezende (MG)


Membros

» Daniel Giansante Abud (SP)

» Felipe Padovani Trivelato (MG)

» Francisco José Mont’Alverne (CE)

» Gustavo Andrade (PE)

» Leandro Haas (SC)

» Eduardo Wajnberg (RJ)

» Thiago Giansante Abud (SP)

» Guilherme Seizem Nakiri (SP)

» José Laércio Junior Silva (PE)

» José Ricardo Vanzin (RS)

CONVIDADOS INTERNACIONAIS


SOBRICE



Thierry de Baere
Département d’imagerie Gustave Roussy Cancer Campus Grand, Paris, França

Thomas Helmberger
Institut für Diagnostische und Interventionelle Radiologie, Neuroradiologie und Nuklearmedizin, Alemanha




Yasuaki Arai M.D., FSIR, FCIRSE
Executive Advisor to President
Chief, Department of Diagnostic Radiology
Head, Interventional Radiology Center, National Cancer Center, Japan

Aravind Arepally MD, FSIR
Division of Interventional Radiology
Piedmont Healthcare
Adjunct Professor of Radiology, Vanderbilt University




Marcelo Guimarães
Diretor da intervenção radiológica vascular
Prof. de radiologia e cirurgia da Universidade de Medicina da Carolina do Sul




NEURO



Ajay Wakhloo
University of Massachusetts, EUA

Charbel Mounayer
Centre Hospitalier Universitaire de Limoges, Limoges, França




Christian Taschner
Alemanha

Mario Martinez Galdamez
Chefe da Unidade de Neurorradiologia Intervencionista, Hospital Universitario Fundación Jiménez Díaz, Madri, Espanha




Raphael Blanc
Fondation Rothschild, Paris, França




INSCRIÇÕES


Categoria Até 20/6 Após 20/6
Médicos não sócios 950,00 1.200,00
Médicos sócios adimplentes da SOBRICE/ AMB/ SBNR/ CBR / SBCO/ SBHCI/ SBN/ SBDCV/ FEBRASGO/ SBACV/ SBOC/ SPIR/ SPR/ SBH 665,00 785,00
Médicos residentes 340,00 395,00
Estudantes de graduação (com comprovação) 255,00 275,00
Enfermeiros 340,00 395,00
Técnicos e auxiliares de enfermagem / Tecnólogos / Biomédicos 255,00 275,00
Inscrição por 1 dia de Congresso para Técnicos e auxiliares de enfermagem / Tecnólogos / Biomédicos 135,00 145,00
Inscrição por dia de Congresso sócios 450,00 500,00
Inscrição por dia de Congresso não sócios 660,00 660,00


CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER



POLÍTICA DE CANCELAMENTO


70% de reembolso do valor pago até 05 de junho , após esta data não haverá reembolso.





announcement

INICIATIVA DE INTEGRAÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ONCOLOGIA


A fim de estimular seu crescimento e importância, a intervenção oncológica prescisa continuar estabelecendo seu papel, em colaboração com outras disciplinas no campo da oncologia.
Todos os inscritos para a SOBRICE 2017 têm a possibilidade de trazer seu colega não-radiologista (oncologista, gastroenterologista, hepatologista, cirurgião, oncologista , radioterapeuta) para o congresso sem custo da incrição.
Esta é uma oportunidade ideal para que seus colegas saibam sobre os benefícios potenciais das terapias oncológicas guiadas por imagens em primeira mão. A discussão multidisciplinar é um pilar fundamental do programa e fornece muitas oportunidades de aprendizagem relevantes para especialistas de outras disciplinas.

LOCAL

Centro de Convenções Rebouças
Av. Rebouças, 600 - Pinheiros
São Paulo - SP
CEP: 05402-000
(11) 3898-7850
www.convencoesreboucas.com.br

SECRETARIA


HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA SECRETARIA
Das 07:30 às 18:00 horas nos dias 06, 07 e 08.

CRACHÁS DE IDENTIFICAÇÃO
HAVERÁ CRACHÁS DAS SEGUINTES CATEGORIAS: Médico, participante, equipe, expositor, comissão organizadora e palestrante.

CERTIFICADOS
Os certificados de atividades serão entregues em sala aos palestrantes.
Os de participação serão on line.

MÍDIA DESK
A SALA MÍDIA DESK ESTÁ LOCALIZADA NO PISO MEZANINO DO CENTRO DE CONVENÇÕES REBOUÇAS.

CERIMÔNIA DE ABERTURA
Será realizada no dia xx/07 às 17:30 horas.

ÁREA DE PÔSTER
A área de exposição dos pôsteres estará localizada junto à exposição de estandes.

GRUPO DE PAINÉIS QUE SERÃO APRESENTADOS

EM CONSTRUÇÃO

PREMIAÇÕES AOS MELHORES TRABALHOS

Premiação para os melhores trabalhos científicos do Congresso SOBRICE 2017*

1º LUGAR
CURSO MERIT DE ACESSO RADIAL - (aéreo + hotel + inscrição) – patrocinado pela Merit Medical do Brasil.
Local: Merit Education Center – Salt Lake City – Utah
Tempo de duração: dias 13/10/2017 (o dia inteiro) e 14/10/2017 (até às 12h aproximadamente)
Pré-requisito: Radiologistas Intervencionistas (para iniciantes e intermediários em acesso radial)

2º LUGAR
Congresso SOBRICE 2018 (aéreo + hotel + inscrição) – patrocinado pela SOBRICE.

3º LUGAR
Congresso SOBRICE 2018 (inscrição) – patrocinado pela SOBRICE.

*premiação apenas para o apresentador do trabalho.

SALA SOBRICE


DIA 6 - Sala Sobrice
Módulo de Saúde do Homem
Presidente: Alexandre Corvello
Moderador: Gustavo Andrade
8h10 – 8h20
Embolização de varicocele: técnica e resultados.
Guilherme Mourão
8h21 – 8h31
EAP para HPB: passo a passo da técnica.
Airton Mota Moreira
8h32 – 8h42
EAP para HPB: para quais pacientes os urologistas estão indicando a embolização?
Eduardo Muracca
8h43 – 8h53
EAP para HPB: revisão sistemática e metanálise dos resultados.
Joaquim Motta Leal Filho
8h54 – 9h04
EAP: há espaço para EAP no tratamento do câncer de próstata?
Lucas Monsignore
9h05 – 9h15
Priapismo, como embolizar?
Carlos Abath
9h15 – 10h00
Discussão

Módulo Intervenção Arterial Periférica
Presidente: Felipe Nasser
Moderador: Adib Koury
10h30 – 10h40
Acesso radial em intervenção periférica
Marcelo Guimarães
10h41 – 10h51
Acesso retrógrado no tratamento das lesões arteriais oclusivas do setor infra-inguinal: Quando indicar?
Rodrigo B. Biagioni
10h52 – 11h02
Quando indicar o tratamento de claudicantes na era endovascular?
Marcelo Calil Burihan
11h03 – 11h13
Cateter balão farmacológico: Quando indicar?
Jorge Eduardo de Amorim
11h14 – 11h24
Aterectomia no tratamento das oclusões arteriais do setor femoro-poplíteo
Bruno Freitas
11h25 – 11h35
Stent farmacológico X stents de nitinol de ultima geração no tratamento da AFS
Bruno Freitas
11h35 – 11h45
Discussão
11h45 – 12h15
Discussão

Módulo Intervenção Venosa
Presidente: Roberto Sacilotto
Moderador: Rafael Noronha Cavalcante
13h45 – 13h55
Quando indicar o tratamento intervencionista na embolia pulmonar?
Gustavo Faissol Janot de Matos
13h56 – 14h06
Trombose venosa profunda aguda: quando indicar trombectomia farmacomecânica?
Marcelo Guimarães
14h07 – 14h17
Técnicas endovasculares para tratamento de Oclusões Venosas Crônicas
Marcelo Guimarães
14h18 – 14h28
Onyx, Histoacryl, Gluban, Polidocanol… Como escolher o melhor agente para cada caso de malformação vascular?
José Luis Orlando
14h29 – 14h39
Controvérsia - Abordagem endovascular da Síndrome de Nutcracker em pacientes jovens: a favor
Igor Sincos
14h40 – 14h50
Controvérsia - Abordagem endovascular da Síndrome de Nutcracker em pacientes jovens: contra
Felipe Nasser
14h50 – 15h30
Discussão

Módulo Hot Topics
Presidente:Carlos Abath
Moderador:
16h00 – 16h10
Embolização Arterial Gástrica no Tratamento da Obesidade
Aravind Arepally
16h10 – 16h20
Update no tratamento endovascular do aneurisma de artéria poplítea
Bruno Freitas
16h20 – 16h30
Embolização linfática: a nova fronteira da radiologia intervencionista
Raphael Braz
16h30 – 16h40
Quimioembolizaçao hepatica com uso adjunto de TC
Yasuaki Arai
16h40 – 16h50
Tratamento percutâneo da fratura óssea patológica
Thierry de Baere
16h50 – 17h00
Stent revestido no tratamento da estenose biliar
Charles Zurstrassen
17h00 – 17h10
Y90 para dowstaging permitindo ressecçao ou transplante
Aravind Arepally
17h10 – 17h20
A confirmar
17h20 – 18h00
Discussão
18h15 – 20h00
Abertura Oficial

Aula Magna - Intervenção Oncológica: Caminhos Atuais e Futuros
Thierry de Baere

Prêmio Renan Uflacker

Coquetel de Abertura
DIA 7 - Sala Sobrice
Módulo Oncologia I - CHC
Presidente: Valéria Cardoso
Moderador: Henrique Salas
8h10 – 8h20
Novos paradigmas no estadiamento do HCC: BCLC x HKLC
Edison Roberto Parise
8h21 – 8h31
Ablação tumoral em estágio inicial: nos competimos com a cirurgia?
Marcos Menezes
8h32 – 8h42
Estágio intermediário: há espaço para a radioembolização
Thomas Helmberger
8h43 – 8h53
Estágio intermediário: quais são as indicações para a terapia combinada
Thierry De Baere
8h54 – 9h04
DEB-TACE x c-Tace em HCC estágio intermediário: estado atual
Yasuaki Arai
9h05 – 9h15
Novas drogas em HCC estágio avançado
Gustavo Fernandes
9h15 – 10h00
Discussão

Módulo Oncologia II - Manejo da doença metastática hepática do tumor colorretal
Presidente: Charles Zurstrassen
Moderador:raphael Braz
10h30 – 10h40
Visão do Oncologista do papel do controle local da metástase do CCR
Marcelo Fanelli
10h41 – 10h51
Qual o caso ideal para indicar a terapia ablativa na visao do cirurgiao oncologico?
Andre Luis Godoy
10h52 – 11h02
Ablaçao nas metastases hepáticas do CCR qdo indicar e seus limites?
Thomas Helmberger
11h03 – 11h13
Qual o papel da quimioterapia intra-arterial no manejo das metastases hepaticas do CCR? Porque este metodo e restrito a poucos centros no mundo?
Thierry de Baere
11h14 – 11h24
Qual a melhor indicacao de Radioembolizacao nas metastases do CCR, First Line ou Salvage Therapy?
Aravind Arepally
11h25 – 11h35
Quimioembolizacao no tratamento das metastases hepaticas do CCR, qual a melhor tecnica e o que esperar de resultados clinicos?
Jose Hugo Luz
11h35 – 12h15
Discussão

Módulo Oncologia III - Paliação: o papel da Radiologia Intervencionista
Presidente: Maurício Liberato
Moderador: Chiang jeng tyng
13h45 – 13h55
Cuidado paliativo no século 21
Daniel Fortes
13h56 – 14h06
Papel da Radiologia Intervencionista no manejo do paciente em paliaçao
Yasuaki Arai
14h07 – 14h17
Catéteres de Longa Permanência: impacto no manejo da ascite
Felipe Shoiti Urakawa
14h18 – 14h28
Drenagem Percutânea das Vias Biliares
João Paulo K. Matushita Jr.
14h29 – 14h39
Neurólise Percutânea de Plexos Viscerais: técnica, indicações e resultados
Eduardo Lima Garcia
14h40 – 14h50
Gastrostomia Percutânea: como fazer e seguir.
Maurício Kauark Amoedo
14h50 – 15h30
Nefrostomia Percutânea: como fazer e seguir
Mateus Saldanha Cardoso

Módulo Oncologia IV - Casos desafiadores em Intervenção Oncológica: aprendendo com os experts
Presidente: Rodrigo Gobbo
Moderador: Denis Szenfeld
16h00 – 16h10
Fígado: intervenções multimodais
Yasuaki Arai
16h11 – 16h21
16h22 – 16h32
Pulmão: metástases pulmonares
Thierry De Baere
16h33 – 16h43
16h44 – 16h54
Tumores renais
Thomas Helmberger
17h04 – 17h14
17h14 – 18h00
Discussão
18h15 – 20h00
Assembleia Geral
DIA 8 - Sala Sobrice
Módulo Aorta
Presidente: Ricardo Augusto Pinto
Moderador: Luiz Otavio Correa
8h10 – 8h20
Endopróteses abdominais em paralelo: quando são uma boa opção
Sidney Galego
8h21 – 8h31
Paraplegia no tratamento dos aneurismas tóraco abdominais: como evitar
Armando Lobato
8h32 – 8h42
Tratamento endovascular do endoleak tipo I
Alexandre fioranelli
8h43 – 8h53
Tratamento híbrido em lesões complexas da aorta torácica
Felipe Nasser
8h54 – 9h04
PEVAR é a técnica de eleição para correção de AAA após o surgimento das endopróteses de perfil ultra-baixo?
Gustavo Paludetto
9h05 – 9h15
Dificuldades e complicações no FEVAR
Carlos Abath
9h15 – 10h00
Discussão

Módulo Saúde da Mulher
Presidente: Feliciano Azevedo
Moderador: Joaquim Maurício Motta Leal Filho
10h30 – 10h40
MAV uterina: como fazer o diagnóstico, quando e como tratar?
Luciano Gibran
10h41 – 10h51
MAV uterina: embolização, quando e como fazer?
Lucas Moretti Monsignore
10h52 – 11h02
Mioma uterino: miomectomia, histerectomia, em quem, quando?
Edoardo Copelli Pousada
11h03 – 11h13
Mioma uterino: embolização, em quem, quando?
Henrique Elkis
11h14 – 11h24
Mioma uterino: embolização, quais as vantagens de utilizar o acesso radial?
Marcelo Guimarães
11h25 – 11h35
Recanalização das trompas uterina: quais materiais utilizar, quando e como fazer?
Gustavo Andrade
11h35 – 12h15
Discussão

SALA NEURO


DIA 6 - Sala Neuro
8h00 – 10h00
SESSÃO INTERATIVA: ANEURISMAS I
Presidente: Elias Rabahi
Secretário: João de Deus da Costa Alves Jr.
Moderador: Ajay K. Wakhloo
8h00 – 8h15
CASO CLÍNICO: ANEURISMA GIGANTE ROTO
Eric Homero Albuquerque Paschoal
8h15 – 8h30
CASO CLÍNICO: ANEURISMA TRONCO BASILAR
Leandro de Assis Barbosa
8h30 – 8h45
CASO CLÍNICO: ANEURISMA FUSIFORME
Carlos Batista Alves de Souza Filho
8h45 – 9h00
CASO CLÍNICO: ANEURISMA < 3 MM ROTO
9h00 – 9h15
CASO CLÍNICO: ANEURISMA GIGANTE NÃO ROTO
Leandro José Haas
9h15 – 9h30
CASO CLÍNICO: ANEURISMA RESIDUAL PÓS DIVERSOR DE FLUXO
Marco Heleno
9h30 – 10h00
CONFERENCIA MAGNA: Diversores de fluxo nos aneurismas gigantes - história natural, manuseio e complicações
Ajay K. Wakhloo
10h00 – 10h30
COFFEE-BREAK / INTERVALO
10h30 – 12h00
SESSÃO INTERATIVA: ANEURISMAS II
Presidente: Eduardo Melo
Secretário: Raquel Hidalgo
Moderador: Mario Galdamez
10h30 – 10h45
CASO CLÍNICO: ANEURISMA COLO LARGO BIFURCAÇÃO ROTO
Luciano Ricardo França da Silva
10h45 – 11h00
CASO CLÍNICO: ANEURISMA COLO LARGO BIFURCAÇÃO NÃO ROTO
Guilherme Abraão
11h00 – 11h15
CASO CLINICO: ANEURISMA BIFURCAÇÃO RECANALIZADO
Marco Antônio Pieruccetti
11h15 – 11h30
CASO CLINICO: ANEURISMA COM RAMO EMERGINDO DO SACO
George Mendes
11h30 – 12h00
CONFERENCIA MAGNA: Uso de stents de baixo perfil usando balões
Mario Martinez Galdamez
12h00 – 13h30
ALMOÇO / SIMPÓSIO SATÉLITE
14:00 - 15:30
ANEURISMAS
Presidente: Ricardo Abicalaf
Secretário: Vinicius Borges Soares
14h00 - 14h15
Experiência com o Medina Device
Mario Martinez Galdamez
14h15 - 14h30
Experiência preliminar com o Neuroform Atlas
Raphaël Philippe Baptiste Blanc
14h30 - 14h45
Alteração de Fluxo nos Aneurismas tratados com Diversores de Fluxo
Charbel Mounayer
14h45 - 15h00
A influência do ramo emergindo do saco na taxa de oclusão pós implante de diversores de fluxo
Felipe Padovani Trivelato
15h00 - 15h15
CONFERÊNCIA MAGNA: Flow Diverters para Aneurismas Além do Polígono de Willis (15 min)
Ajay K. Wakhloo
15h15 - 15h30
Discussão
15h30 – 16h00
COFFEE-BREAK / INTERVALO
16h00 – 17h30
SESSÃO INTERATIVA: ANEURISMAS III
Presidente: Alexander Corvello
Secretário: João Santoro
Moderador: Christian Taschner
16h00 - 16h15
Caso Clínico: Aneurisma Traumático
José Laércio Silva
16h15 - 16h30
Caso Clínico: Aneurisma Infeccioso
Eduardo Floriani Raupp
16h30 - 16h45
Caso Clínico: Aneurisma Blister
Laércio Leitão
16h45 - 17h00
Caso Clínico: Aneurisma Blister
Amilton Araujo
17h00 - 17h30
CONFERÊNCIA MAGNA: Flow Diverters na Circulação Posterior
Christian A. Taschner
DIA 7 - Sala Neuro
8h00 - 10h00
SESSÃO INTERATIVA: MAVs/FAVDs
Presidente: José Carlos Ziretta
Secretário: Carlos Raggioto
Moderador: Charbel Mounayer
8h00 - 8h15
Caso Clínico: FAVD Intracraniana
Paulo Puglia Junior
8h15 - 8h30
Caso Clínico: MAV Galeno
José Guilherme Caldas
8h30 - 8h45
Caso Clínico: MAV Cerebelar
Ronie Piske
8h45 - 9h00
Caso Clinico: MAV Via Venosa
João de Deus da Costa Alves Jr.
9h00 - 9h20
MAVs Com Aneurismas Intra-Nidais, Proximais, Venosos ou com Estenoses Venosas: estratégia de tratamento
Raphaël Philippe Baptiste Blanc
9h20 - 9h40
CONFERÊNCIA MAGNA: A Importância da Veia em Porcelana nas Hemorragias após Uso sa Via Venosa
Charbel Mounayer
9h40 - 10h00
Discussão
10h00 - 10h30
COFFEE BREAK / INTERVALO
10h30 - 12h00
SESSÃO INTERATIVA: CARÓTIDA/ESTENOSE INTRACRANIANA
Presidente: Gelson Kopke
Secretário: Wilsomar Gomes
Moderador: José Maria Modenesi
10h30 - 10h45
Caso Clínico: Estenose Intra-craniana circulação anterior
Alexandre Drayton
10h45 - 11h00
Caso Clínico: Estenose Intra-craniana circulação posterior
Leonardo de Deus Silva
11h00 - 11h15
Caso Clínico: Sub-oclusão
Francisco José Arruda Mont'Alverne
11h15 - 11h30
Caso Clínico: Complicação
Paulo César Souza
11h30 - 11h45
Stents de Dupla Camada (15 min)
José Ricardo Vanzin
11h45 - 12h00
Discussão
12h20 - 13h20
ALMOÇO / SIMPÓSIO SATÉLITE
14h00 – 15h30
SESSÃO INTERATIVA: MEDULAR E FAVDs
Presidente: Wagner Mariuci
Secretário: Tiago Hilton Vieira Madeira
Moderador: Charbel Mounayer
14h00 – 14h15
Caso Clínico: MAV Medular
José Maria Modenesi Freitas
14h15 – 14h30
Caso Clínico: FAV Pial Medular
Mario Luiz Marques Conti
14h30 – 14h45
Caso Clínico: FAVD Espinhal
Guilherme Seizem Nakiri
14h45 – 15h00
FAVDs Seio Cavernoso
Daniel Giansante Abud
15h00 – 15h20
CONFERÊNCIA MAGNA: O uso dos novos agentes embólicos em malformações vasculares
Charbel Mounayer
15h20 – 15h30
Discussão
15h30 – 16h00
COFFEE BREAK / INTERVALO
16:00 - 17:30
NOVOS DIVERSORES DE FLUXO/FAVDs
Presidente: Carlos Abath
Secretário: Dennis Moreira
16h00 – 16h15
Experiencia Clínica com Surpass Flow Diverter (15 min)
Ajay K. Wakhloo
16h15 – 16h30
Experiência Clínica com DERIVO
Christian A. Taschner
16h30 – 16h45
Experiência Clínica com Silk +
Michel Frudit
16h45 – 17h00
Experiência Clínica Inicial com Pipeline Shield
Mario Martinez Galdamez
17h00 – 17h20
FAVDs - Opções de Abordagem: endovascular e percutânea
Mario Martinez Galdamez
17h20 – 17h30
Discussão
DIA 8 - Sala Neuro
8h00 - 10h00
SESSÃO INTERATIVA: STROKE
Presidente: Francisco Montalverne
Secretário: Tiago Roriz Pina
Moderador: Raphaël Philippe Baptiste Blanc
8h00 – 8h15
Caso Clínico: Tandem Lesion
Carlos Eduardo Baccin
8h15 – 8h30
Caso Clínico: Janela Incerta
Pedro Magalhães
8h30 – 8h45
Caso Clínico: Stent-triever
Luís Henrique de Castro Afonso
8h45 – 9h00
Caso Clínico: Circulação Anterior
Dárcio Roberto Nalli
9h00 – 9h15
Caso Clínico: Circulação posterior
Eduardo Wanjberg
9h15 – 9h30
Caso Clínico: Complicação
Thiago Giansante Abud
9h30 – 9h50
CONFERÊNCIA MAGNA: Quando Ocorre Falha no Tratamento Endovascular: acesso, embolo calcificado, estenose: soluções
Raphaël Philippe Baptiste Blanc
9h50 – 10h00
Discussão
10h30 – 12h00
STROKE
Presidente: Gabriel Mosmann
Secretário: Livia de Oliveira
Moderador: Raphaël Philippe Baptiste Blanc
10h30 – 10h50
Como organizar um servico de Stroke?
Gisele Sampaio
10h50 – 11h10
Guideline Brasileiro para o tratamento endovascular no AVC agudo
Octavio Marques Pontes Neto
11h10 – 11h30
Como Optimizar a Trombectomia nas Oclusões de Grandes Vasos
Ajay K. Wakhloo
11h30 – 11h50
CONFERÊNCIA MAGNA: Stroke Stent retriever x Sistema aspirativo
Raphaël Philippe Baptiste Blanc
11h50 – 12h00
DISCUSSÃO E ENCERRAMENTO

SALA MULTIDISCIPLINAR


DIA 6
MULTIDISCIPLINAR

8h00 - 8h05
ABERTURA
Marcos Roberto Menezes
8h05 - 8h25
A Importância da Multidisciplinaridade na Radiologia Intervencionista
Marcos Roberto Menezes
8h25 - 10h00
MESA REDONDA: Radiologia Intervencionista nos Diferentes Cenários
Adriana Marques da Silva
8h25 - 8h30
Introdução
Adriana Marques da Silva
8h30 - 8h50
A Importância de um Centro de Intervenção Guiado por Imagem
José Flavio Ferreira Lucio
8h50 - 9h10
Radiologia Intervencionista Percutânea em Oncologia
Francini Yamada
9h10 - 9h30
Radiologia Intervencionista Vascular
Francisco Gonçalves
9h30 - 10h00
Discussão
10h00 - 10h30
INTERVALO
10h30 - 10h50
Inovações Tecnológicas no Cenário Minimamente Invasivo
Thiago Julio
10h50 - 11h10
Metas Internacionais em Radiologia Intervencionista
Rubia Bozza
11h10 - 11h30
Atualidades na Radioproteção em Radiologia Intervencionista
Camila Souza Melo
11h30 - 12h00
Integração entre Radiologia Intervencionista e Radioterapia
Ícaro Carvalho
12h20 - 13h20
ALMOÇO / SIMPÓSIO SATÉLITE
13h50 - 13h55
MESA REDONDA: Os Desafios do Agendamento em Radiologia Intervencionista
Erik Lima
13h50 - 13h55
Introdução
Erik Lima
14h00 - 14h15
A Experiência do HIAE
Gisele de Paula Dias Santos
14h15 - 14h30
A Experiência do ICESP
Erika do Amaral Cruz
14h30 - 14h45
A Experiência do Sírio Libanês
Ana Lúcia Mello
14h45 - 15h00
Discussão
15h00 - 15h30
INTERVALO
15h30 - 15h40
Radioablação Hepática: estudo de caso
Fernanda Marquez Abatepaulo
15h40 - 15h50
Procedimentos Intervencionistas em Músculo Esquelético
Priscila Gattis
15h50 - 16h00
Procedimentos Intervencionistas da Mama: estudo de caso
Elizeteh Olivieira Guterres
16h00 - 16h10
HIFU para Mioma
Cristiane de Andrade Ferreira
16h10 - 16h20
Crio Ablação Renal
Edson Jesus do Nascimento
16h30 - 17h00
Atendimento de Urgência nos Procedimentos Intervencionistasitas
Adriana Bertaccini Rodrigues

SALA WORKSHOPS


DIA 6
8h00 – 10h00
Radioablação - MEDTRONIC
Coordenadores: Luiz Sergio Grillo e Marcos Menezes

Casos Clínicos
Guilherme Martins
Publio C Viana
Juliano Ribeiro de Andrade


10h30 – 12h15
Crioablação - Tratamento de Tumores Renais, Pulmonares e Ósseos-AAMED
Coordenadores: Rodrigo Gobbo e Marcos Menezes

Casos Clínicos
Hugo Luz
Chiang Jeng Tyng
Leonardo Azevedo


13h45 – 15h30
Quimioembolização – CICLOMED


16h00 – 17h45
Vias Biliares – WL GORE
Coordenadores: Charles Zurstrassen e Denis Szejnfeld


DIA 7
8h00 – 10h00
Acesso Venoso - ETAMUSSINO

Acessos em adultos: Técnicas, complicações e soluções na falência de acesso
Raphael Braz Levigard

Acessos pediátricos
Vicente Ramos


10h30 – 12h15
ATS
Coordenadores: Daniel Abud e Silvio A Cavazzola

Qual o impacto da ATS na prática médica? Análise crítica
Marcelo Nita

A visão do SUS / CONITEC sobre a política de ATS
Clarice A. Petramale (MS - DGITS)

A visão da ANS sobre a política de ATS no Sistema de Saúde Suplementar
Raquel Medeiros de Lisboa (ANS / Cosaúde)

Defesa de inclusão de novos procedimento no Rol da ANS na prática
Carlos Moura (Assessoria Econômica / CBR)


13h45 – 15h30
Acesso Radial – MERIT
Coordenador: Ricardo Augusto de Paula Pinto

Introdução ao acesso radial
Daniel Kanaan

Casos Clínicos
Embolização de mioma uterino
Aline Cristine Barbosa
Quimoembolização hepática
Gustavo Andrade


16h00 -17h45
Radioembolização - SIRTEX
Coordenadores: Felipe Nasser e Airton Mota Moreira

Indicações - Baseada em casos
Airton Mota

Aspectos técnicos e expêriencia
Felipe Nasser



*Exposição da Caixa Acrílica/Acessórios durante o Workshop para conceitos técnicos do procedimento.


DIA 8
8h00 – 10h00
Hands-on Percutâneo
Coordenadores: Mauricio Liberato, João Paulo Bernardes e Lucas Fiori

INSCRIÇÃO DE TRABALHOS

COMO INSCREVER SEUS TRABALHOS


  1. Acesse ci.eventus.com.br/sobrice2017
  2. Faça a sua inscrição ou acesse sua conta (caso já possua). Não é necessário efetuar o pagamento no momento da inscrição. Isso poderá ser feito após a divulgação do aceite do seu resumo.
  3. Clique no menu "Resumos/Trabalhos"e, em seguida, em “Enviar novo resumo”.
  4. Siga as instruções na tela e preencha todos os campos do formulário. Todos serão em forma de pôster. Lembre-se de consultar a estrutura obrigatória exigida para sua modalidade.
  5. Para concluir a submissão do resumo, clique em "Próximo passo", confira todas as informações e, em seguida, clique em “Confirmar envio”.
  6. Você poderá realizar alterações em seu resumo até a data limite para envio, 10/maio/2017.

INSTRUÇÕES PARA PREPARAÇÃO DE RESUMOS


Normas para envio dos trabalhos para o 20º Congresso da SoBRICE.

Os trabalhos submetidos para aprovação devem ser:

  • Escritos no formato de resumo estruturado (structured abstract).
  • Terem o limite máximo de 2.000 caracteres (não contando os espaços entre as palavras; o título; a bibliografia e nem as sessões – ex: objetivo).
  • Escritos em editor de texto Word, letra Arial, tamanho 12 e espaçamento duplo.

Obedecerem a seguinte sequência:

  • Título do trabalho (obrigatório).
  • Número máximo de 10 autores.
  • Nome da Instituição em que o trabalho foi realizado.
  • Devem ser organizados de acordo com a estrutura exigida (obrigatório) para cada tipo de estudo clínico (relato de caso, série de casos, estudo experimental e ensaio clínico). Ver abaixo a estrutura exigida.
  • Bibliografia, de acordo com as normas de Vancouver.

ESTRUTURA OBRIGATÓRIA EXIGIDA


RELATO DE CASO
Relato de até dois casos (dividir em três sessões obrigatórias).

  • Objetivo: descreva sucintamente o propósito do seu relato de caso.
  • Opcional: nesta sessão você poderá escrever uma pequena Introdução antes de descrever o objetivo. Não é obrigatório.
  • Relato de Caso: apresente, resumidamente, a história clínica, os achados de imagem e laboratório (mais relevantes), o procedimento executado e a evolução pós-tratamento.
  • Discussão: confronte os seus achados com os da literatura.
  • Opcional: nesta sessão você poderá escrever uma pequena Conclusão no último parágrafo da discussão. Não é obrigatório.

SÉRIE DE CASOS
Relato de três a nove casos (dividir em três sessões obrigatórias).

  • Objetivo: descreva sucintamente o propósito da sua série de casos.
  • Opcional: nesta sessão você poderá escrever uma pequena Introdução antes de descrever o objetivo. Não é obrigatório.
  • Relatos dos Casos: apresente, resumidamente, as histórias clínicas, os achados de imagem e laboratório (mais relevantes), os procedimentos executados e as evoluções pós-tratamento.
  • Discussão: confronte os seus achados com os da literatura.
  • Opcional: nesta sessão você poderá escrever uma pequena Conclusão no último parágrafo da discussão. Não é obrigatório.

ESTUDO EXPERIMENTAL
Trabalhos com animais ou em laboratório (dividir em cinco sessões obrigatórias).

  • Objetivo: descreva sucintamente o propósito do seu trabalho.
  • Opcional: nesta sessão você poderá escrever uma pequena Introdução antes de descrever o objetivo. Não é obrigatório.
  • Materiais e Métodos: descreva o modelo experimental proposto, o método de seleção e as características dos animais, os materiais (as características dos materiais – tipo, curva, dimensões, medidas e marca registrada) utilizados e o procedimento executado. Os testes estatísticos utilizados devem ser citados.
  • Resultados: apresente os resultados obtidos.
  • Discussão: discuta os seus resultados de forma bem objetiva (confronte os seus resultados com os da literatura, se julgar necessário). Na última frase da discussão poderá apresentar as limitações do seu trabalho.
  • Conclusão: a conclusão deve ser retirada, exclusivamente, a partir dos resultados do SEU estudo. NÃO CONCLUA o seu trabalho a partir dos resultados encontrados da literatura. Recomendações, quando apropriadas, podem ser feitas.

ENSAIO CLÍNICO
Trabalhos realizados com seres humanos, frutos de pesquisas clínicas ou tratamentos rotineiros (dividir em cinco sessões obrigatórias).

  • Objetivo: descreva sucintamente o propósito do seu trabalho.
  • Opcional: nesta sessão você poderá escrever uma pequena Introdução antes de descrever o objetivo. Não é obrigatório.
  • Materiais e Métodos: descreva a natureza dos materias utilizados na pesquisa, bem como o método de seleção dos pacientes, os materiais (as características dos materiais – tipo, curva, dimensões, medidas e marca registrada) utilizados e o(s) procedimento(s) executado(s). Descreva a característica dos grupos estudados (gênero, média de idade, comorbidades, etc..). Metódos utilizados e já consagrados devem conter a referência. Novos métodos desenvolvidos ou métodos consagrados modificados para a sua pesquisa devem ser descritos. Os testes estatísticos utilizados devem ser citados.
  • Resultados: : apresente os resultados obtidos, figuras e tabelas. Os resultados apresentados em tabelas não devem ser repetidos em forma de texto.
  • Discussão: discuta os seus resultados de forma bem objetiva (confronte os seus resultados com os da literatura, se julgar necessário). Na última frase da discussão poderá apresentar as limitações do seu trabalho.
  • Conclusão: a conclusão deve ser retirada, exclusivamente, a partir dos resultados do SEU estudo. NÃO CONCLUA o seu trabalho a partir dos resultados encontrados da literatura. Recomendações, quando apropriadas, podem ser feitas.


No momento da inscrição do Tema Livre a área de atuação a qual o tema pertence deverá ser selecionada. O seu trabalho deverá se enquadrar, obrigatoriamente, em uma das quatro áreas pré-determinadas, a saber:


  1. Intervenção Vascular Periférica;
  2. Intervenção em Oncologia (radiologia intervencionista vascular e não vascular);
  3. Embolização Transcateter;
  4. Neurointervenção (neurorradiologia intervencionista).

Todos os resumos dos trabalhos devem ser enviados até o dia 10 de Maio de 2017.

Todos os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora que selecionará, por meio de critérios pré-estabelecidos pela própria comissão, os trabalhos que deverão ser apresentados no congresso em formato de pôster. Os autores responsáveis pelos trabalhos aprovados serão comunicados pela comissão organizadora do evento da sua aprovação até 30 dias antes da data do evento.

Todos os trabalhos aprovados pela comissão julgadora deverão ser apresentados em formato de pôster nas medidas de 1,20 (um metro e vinte centímetros) de ALTURA x 0,90 (noventa centímetros) de LARGURA. Os pôsteres deverão ficar fixados nos locais determinados pela comissão organizadora do evento durante todo 20° Congresso da SOBRICE, em São Paulo. Em dia e hora pré-determinados pela comissão julgadora, os responsáveis pelos pôsteres deverão estar disponíveis, a postos ao lado do seu respectivo pôster, para que sejam arguidos sobre o seu trabalho (a arguição compõe a nota dada ao trabalho pela comissão avaliadora). A não apresentação oral do pôster, bem como, o pôster que extrapolar (for maior) a métrica exigida (1,20 x 0,90) perderá pontos na avaliação.

Todos os trabalhos aprovados pela comissão serão publicados nos Anais do Congresso.

PRAZO PARA SUBMISSÃO DE RESUMOS


SUBMISSÃO
ATÉ 10.05.2017

RESULTADOS
08.06.2017

  • O primeiro autor ou um dos co-autores devem estar inscritos no evento.

  • Apenas um certificado será emitido para cada resumo apresentado. Os certificados são emitidos com base na ordem em que os autores foram registrados.


A decisão da Comissão Científica é final e irrevogável.

Todos trabalhos serão avaliados em duas etapas, sendo a primeira a avaliação do resumo enviado e a segunda fase a apresentação oral que acontecerá durante o congresso. Os autores serão informados previamente sobre o dia da sua apresentação.

Na fase apresentação oral, os dez trabalhos com maior pontuação na fase de avaliação do resumo, serão apresentados em um palco destinado para isso como apresentação de PowerPoint e os demais trabalhos como pôster.

Os trabalhos classificados para apresentação em formato PowerPoint terá 5 minutos para apresentá-lo oralmente e mais 3 minuto de arguição (Total 8 min).

Os trabalhos classificados para apresentação em formato Pôster terá 4 minutos para apresentá-lo oralmente e mais 1 minuto de arguição (Total 5 min).

Atenção: todos os materiais produzidos sobre os resumos (anais, certificado, dentre outros) serão reprodução fiel das informações submetidas pelo autor. Portanto, não é possível proceder a alterações quanto à grafia do título, resumo ou autores após a data limite para envio de trabalhos. Salientamos que as informações fornecidas são de inteira responsabilidade do autor que submete o resumo.



CLIQUE AQUI PARA SUBMETER SEU TRABALHO

SÃO PAULO



INFORMAÇÕES GERAIS


São Paulo é a maior cidade do Brasil e a segunda região metropolitana mais populosa das Américas, com 19.223.897 habitantes, é a 4ª maior aglomeração urbana do mundo. Ao visitar São Paulo, há muito a ser visto, incluindo museus, parques, salas de música e salas de concerto, mercados e restaurantes com uma grande variedade de pratos de diferentes partes do mundo.
A multicultura de seu povo se expressa através de seus espaços mistos em artes, na produção de seus diversos centros acadêmicos de ensino e pesquisa, na educação e no estilo de vida local, além de ser um centro de culinária reconhecida, que faz com que a vida nessa grande metrópole seja uma variedade de ofertas para todos os gostos.

Veja abaixo algumas dicas para facilitar sua visita a São Paulo





TRANSPORTE


Aeroporto de Congonhas (CGH)
www.aeroportocongonhas.net
Av. Prof. Washington Luiz, s/nº
São Paulo - SP
Distância do centro da cidade de São Paulo: 8km

Aeroporto de Guarulhos (GRU) – International
www.aeroportoguarulhos.net
Rodovia Hélio Smidt s/nº – Cumbica
Guarulhos – SP
Distância da cidade de São Paulo: 25km

Metrô
www.metro.sp.gov.br
O metrô é uma opção rápida, segura e confortável para aqueles que desejam conhecer São Paulo mais de perto.
Há teatros, cinemas, museus, salas de espectáculos, centros comerciais, parques, bares e restaurantes próximos a estações de metrô. De qualquer maneira, existem várias opções que podem ser encontradas em São Paulo em qualquer época do ano.

Estação rodoviária
www.socicam.com.br

Estação Rodoviária da Barra Funda
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664
Acesso na estação de metrô Barra Funda.

Estação Rodoviária do Jabaquara
Rua Jequitibás, s/n
Acesso na estação de metrô Jabaquara.

Terminal Rodoviário Tietê
Avenida Cruzeiro do Sul, 1800
Acesso na estação de metrô Tietê.





INFORMAÇÕES ADICIONAIS


Eletricidade (voltagem)
A voltagem em São Paulo é de 110 volts. O uso de transformador é importante para alguns aparelhos elétricos. Tomadas de três pinos são o modelo padrão utilizado no Brasil, sendo importante verificar a necessitade de se utilizar adaptador para aparelhos elétricos.

Telefone
O código de área de São Paulo é de 11.

Aluguel de carros
As principais empresas de aluguel de carros têm filiais em São Paulo. As reservas devem ser realizadas nos locais de origem. Se o visitante precisar de um carro por um dia ou dois, pode ser providenciado pelo(a) recepcionista do hotel.

Bancos
Os bancos abrem das dez horas da manhã às quatro horas da tarde, apenas durante a semana. Bancos não abrem nos fins de semana ou em feriados. Antes de viajar, o turista deve certificar-se sobre a aceitação de seu cartão de crédito e débito com o banco. Caixas eletrônicos são encontrados em quase todos os lugares na cidade.





MUSEUS


Museu de Arte de São Paulo
www.masp.art.br
Avenida Paulista, 1578 – Cerqueira César
São Paulo
(11) 3251-5644

Pinacoteca do Estado
www.pinacoteca.org.br
Praça da Luz, 2
São Paulo
(11) 3324-1000

MAC - Museu de Arte Contemporânea
www.mac.usp.br
Av. Pedro Álvares Cabral, 1301
São Paulo
(11) 2648-0254

Museu de Arte Moderna
www.mam.org.br
Parque do Ibirapuera, portão 3
(11) 5085-1300

Museu da Casa Brasileira
www.mcb.org.br
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Pinheiros
São Paulo
(11) 3032-3727

Museu de Arte Sacra
www.museuartesacra.org.br/pt/
Avenida Tiradentes, 676 - Bairro da Luz
São Paulo-SP
(11) 3326-3336

Museu do Futebol
www.museudofutebol.org.br
Praça Charles Miller S/N. Estádio do Pacaemb
São Paulo-SP
(11) 3664-3848.

AGENCIA DE TURISMO


congressos@limatur.com
www.limatur.com
tel/fax 11 5097 4188 / 5561 4188
FACEBOOK